sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Depois de ganhar o primeiro jogo da final da Copa do Brasil por 2 a 0 na Vila Belmiro, ontem, quarta-feira, dia 04 de agosto, o Peixe perdeu por 2 a 1 contra o Vitória, mas saiu com a taça nas mãos por causa do saldo de gols.

O início do jogo foi uma baita pressão do time da casa, afinal, era o que todos esperavam, todos sabiam do potencial e da força enorme do time do Vitória que perdeu o título, mas que tem que ser parabenizado, pois fez um campeonato belíssimo. Foram várias tentativas a gol, mas algumas saíram pra fora e outras o goleiro Rafael defendeu, o qual estava em um dia inspirado.

Aos 20 minutos, o Santos começou a acertar sua marcação, tiveram mais liberdade pra atacar, tentaram, porém não obteram sucesso. E aos 32 minutos ainda do primeiro tempo Schwenck faz um gol de cabeça, para a alegria dos torcedores do Vitória, só que estava impedido. O time do Santos estava muito agitado, meio perdido dentro de campo, o capitão Robinho pedia calma aos seus jogadores.

O jogo continuava de lá pra cá, e aos 40 minutos Elkeson dá chute belíssimo para a espetacular defesa de Rafael, e logo foi a fez do Santos, Wesley chutou só que o goleiro Viáfara defendeu. Depois de dois minutos, com um lançamento de Neymar, o Edu Dracena de cabeça abre o placar.

Chega o segundo tempo e a pressão continua, foi um jogo disputadíssimo. O gramado que estava horrível e molhado não atrapalhou nenhum pouco para o espetáculo que acontecera. E aos 12 minutos do segundo tempo foi a vez de Wallace empatar o jogo, com um lindo gol.

Vendo que o Peixe estava pressionado, Dorival Jr tira o atacante André e coloca Marquinhos, o qual entrou muito bem, soube fazer uma ótima marcação e quase marcou gol, só não pode evitar o golaço do Júnior aos 32 minutos, sendo uma falha da marcação do Santos. E a pressão continuava, o time rubro-negro não desistia, como cantava a torcida “time de guerreiros”, só faltava 2 gols, mas o time não conseguiu. E os jogadores do Santos no banco, só esperavam e diziam “Acabou, acabou”. Apita o jogo e a festança começa.

“Agora quem dá bola é o Santos, Santos é o novo campeão. Glorioso alvinegro praiano. Campeão absoluto deste ano, Santos campeão!” E que os outros times brasileiros que se cuidem, como está no próprio hino do Santástico “campeão absoluto deste ano”, caso o Santos leve também o Brasileiro, igualará ao Cruzeiro Esporte Clube, único time do Brasil a ter três campeonatos importantes (tríplice coroa). E o Neymar já avisou: “Brigaremos também pelo título Brasileiro.”.

A festa ontem foi linda! Até mesmo quem não é Santista, ficou feliz pelo título, afinal o Santos com seu futebol arte, o mais bonito do ano, merecia mais uma taça pra levar pra casa. Neymar ganhou a chuteira de ouro – jogador que fez mais gol no campeonato, e Paulo Henrique Ganso ganhou o de melhor jogador. Mas como nem tudo é festa, o torcedor do Santos vai ter que dizer adeus para seu atacante André, que foi vendido ao Dínamo de Kiev e adeus para o Robinho, pois o Manchester City não o liberou para continuar no seu amado time.

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre soube que esse adeus uma hora iria acontecer, e também sempre soube que seria difícil. Independente de quem seja, cada um que partir vai deixar uma saudade enorme. Eu não podia mais rezar pra que eles ficassem, tudo que eu queria era que essa despedida não fosse lembrada com tristeza e sim com felicidade, e pra isso, nada melhor que um título. Graças a Deus deu tudo certo. Santástico é campeão mais uma vez E QUE VENHA O BRASILEIRO! Adorei o post, boa sorte com o novo blog! bjs

    ResponderExcluir
  3. nusss q sonho ver oo neymar e o ganso segurando a trofeu =D
    q sonho

    ResponderExcluir
  4. Estela.. sonho não.. isso foi realidade, hahahaha!

    ResponderExcluir
  5. buaa mais um sonho de ver o neymar de pertinho axo um sonho muito deficil de se realizar

    ResponderExcluir

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger