domingo, 22 de agosto de 2010

O heróico da América – Giuliano faz o terceiro gol e decreta e vitória por 3 a 2 sobre o Chivas Guadalajara.

Desde o inicio do jogo eu me perguntava se o Giuliano de novo entraria e faria um gol decisivo, pensado e acontecido. Giuliano, como ele mesmo diz um abençoado por Deus, entrou no segundo tempo e fez o terceiro gol do Inter, que por sua vez, precisou muito deste gol, pois nos minutos finais o Chivas fez mais um e caso o Giuliano não tivesse ampliado o placar, o jogo iria para a prorrogação.

Desde os tempos de seus jogos pela seleção brasileira, tenho percebido muito a atuação do Giuliano, a qual tem crescido demasiadamente nesses últimos jogos pelo Internacional, e espero que continue assim, pois um cara de “sorte”, aliás, sorte não, um garoto abençoado como este, merece uma chance na seleção.



Saindo do ilustre, abençoado, Giuliano, vou, enfim, parabenizar o Sport Clube Internacional, pelo seu bi campeonato. Fez uma campanha fantástica, teve momentos históricos – os quais vão ficar marcados para sempre no clube, e fez uma final emocionante, claro, não podendo assim tirar a tradição que é a emoção em uma final da Taça Libertadores. Todos os seus jogadores jogaram muito, mostraram raça, aguentaram o “tranco”, pois o tanto que o time do Chivas estava batendo não era brincadeira, e claro, a linda torcida, essa que não pode ser esquecida nessa conquista, jogou e jogou muito, não parava de cantar, pular e contagiar os jogadores. Parabéns aos Colorados e nos vemos em Dubai!

2 comentários:

  1. O Internacional fez o que o Cruzeiro não fez ano passado! Conseguiu suportar a pressão e o peso de uma final de libertadores! O Inter saiu perdendo nos dois jogos da final e mesmo assm conseguiu virar. Parabéns aos colorados. Mas espero que no ano que vem seja o Cruzeiro! :)

    Dan (just)

    ResponderExcluir
  2. Verdade Dan... e merecidamente o Inter levou o título!

    ResponderExcluir

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger