terça-feira, 12 de outubro de 2010

Com derrota inesperada, Timão perde e vê a queda do seu técnico.

Que o Corinthians estava de mal a pior todos já sabiam, já eram três jogos sem vencer e com baixos rendimentos. Mas acreditava-se numa boa melhora após o jogo contra o quase rebaixado Atlético-GO. Eu, como uma boa cartola, ou não, escalei vários jogadores do Timão, esperando aquele bom resultado e boas pontuações pra mim, e me enganei feio.

Corinthians abriu o placar e parecia que o “futebol” não mentiria e nem pregaria surpresas. Via-se o inicio de um placar extenso. Mas quem mandou em campo foi o Atlético-Go, uma, duas, três, quatro vezes!!! Deu aquele chocolate em cima dos alvinegros e o pior em pleno Pacaembu, vários torcedores do Timão já deixavam o estádio furiosos com o seu time e com o técnico Adilson Batista. E não puderam ver a reação do seu time que conseguiu fazer três gols e quase empatar a partida. Porém, isso não valeu de nada.

Na coletiva pós-jogo, Adilson Batista declarou sua saída do time, onde teria chegado a um consenso com os diretores do Timão, sendo melhor a sua demissão. Disse que o campeonato ainda estava em aberto, que o Corinthians tem sua total condição de ser o campeão, e que aconteceram problemas internos que foi um dos fatores importantes para sua saída, mas não os revelaram.

Em vários meios de informação disseram que o Adilson teria pedido demissão e não ter sido demitido, mas por outras fontes, ele teria sido demitido pelo diretor André Sanches, e o que o Corinthians recebeu sua torcida organizada no CT, a qual teria pressionado ainda mais, pedindo assim a demissão do técnico e a qual foi feita.

Contudo, se Adilson foi demitido, ou pediu demissão não importa. O fim é o mesmo, e AB não é mais técnico do Timão.

Cogitam-se nomes para o futuro nome do técnico alvinegro, Parreira ou Dunga. Há conversas que Parreira não aceitaria por problemas pessoais, porém, diz que o Timão quer muito ele e que Ronaldo estaria até envolvido no negócio para que algo seja concretizado o mais rápido possível.

Caso nada dê certo, acredito que Dunga estaria sendo um desses nomes também. Lembrando que tudo tem que ser resolvido nas pressas, pois amanhã (quarta-feira) o Corinthians enfrenta o Vasco, para fechar aquele jogo a menos em relação aos outros times, e depois tem confrontos importantes, pois só faltarão nove rodadas para o fim do campeonato.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger