segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Com chocolate a La Messi, Xavi e Iniesta, Barcelona goleia Real Madrid por 5 a 0

Não sendo tão novidade, até pelo o placar construído, Barcelona começou ditando o ritmo do jogo, pressionando muito e diminuindo os espaços com uma bela marcação. Quem esperava ver um clássico equilibrado, com ótimas atuações de Cristiano Ronaldo para um lado e Messi para outro, enganou-se, vendo apenas o Barça e o Messi jogar, consequentemente.

Com um toque de bola muito envolvente, o time de Pep Guardiola foi trabalhando a bola com Iniesta e Xavi, que aos 9 minutos da partida, abriu um placar encobrindo o goleiro Casillas.

E o time do técnico Mourinho, vendo que a situação parecia se complicar, tentou sair para o jogo. Porém, com uma ótima marcação na saída de bola, o time do Barça, anulou totalmente os jogadores do Real. Cristiano Ronaldo, por sua vez, muito bem marcado por Puyol, não conseguia dar seqüência a suas jogadas, e Marcelo, muito preso fazendo sua marcação, não conseguia avançar, como fazia em outras partidas.

E sem muita dificuldade, aos 17 minutos, com mais uma jogada envolvente, passando pelos pés de Xavi e Villa, que tocou para Pedro, fazendo o seu terceiro gol no campeonato espanhol.

E o time visitante, vendo que pelo “andar” da partida, receberia uma bela goleada, começou a ficar nervoso. Aos 30 minutos, ainda do primeiro tempo, Cristiano Ronaldo ficou irritado com Pep Guardiola, que reteve a bola, e empurrou o treinador. O goleiro Victor Váldes, revoltado com a situação, foi tirar satisfações com o camisa sete, o jogo assim, ficando parado enquanto a situação continuava. No final das contas, ambos foram advertidos com cartão amarelo.

Depois disso, Real Madrid teve lance em bola parada, porém o goleiro do time da casa agarrou firmemente. E logo depois, o craque Messi, entrou mais uma vez em ação, mas sendo parado por Pepe, que foi advertido com cartão amarelo.

Pra volta do segundo tempo, todos esperavam um Real Madrid mais diferente, saindo mais para o jogo. O placar ainda era pequeno, para a dimensão de shows que o Barça deu, e caso a equipe catalã voltasse melhor, poderia até reverter o placar. Mas assim não foi.

E aos nove minutos, Messi dá um lindo passe para Villa, que passando por trás dos zagueiros, não desperdiçou a chance, fazendo 3 a 0, nos merengues. E depois de apenas três minutos, o baixinho veloz, Messi, mostrou o porquê é o melhor do mundo, dando mais uma assistência, e deixando para Villa, que fez mais um gol, dando um chocolate de 4 a 0 no Real Madrid.

Vendo que o jogo estava praticamente “liquidado”, Pep Guardiola, começou a fazer suas substituições, apostando nos jovens meninos da base do Barça. Saiu Villa para a entrada de Bojan, que quase com seu primeiro toque na bola, ampliaria mais uma vez o placar.

E aos 41, quase no final da partida, Xavi – um dos melhores da partida deixou os gramados para a entrada de Keita. E Jeffren no lugar de Pedro. E assim, com a oportunidade dada, Bojan deu um passe para Jeffren que tocou para o fundo das redes, fazendo e encerrando os gols das partidas. 5 a 0 no Real Madrid. Mostrando também, como a base do Barcelona é espetacular.

E logo após o gol, aos 45 minutos, mais uma confusão dentro de campo. Sérgio Ramos deu uma entrada dura em Messi e depois empurrou Puyol, sendo assim expulso. E Xavi no banco de reservas, foi querer tomar conta da situação, e acabou sendo também advertido com um cartão amarelo.

Com este jogo maravilhoso, Barcelona quebrara a invencibilidade de Mourinho, e o tabu de perder para o Real em seu aniversário e tomaria conta da liderança do campeonato espanhol. E o Real Madrid por sua vez, que em doze jogos, havia tomado seis gols. Dessa vez tomou cinco em apenas um.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger