sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Brasil bate marcação forte e vence Colômbia por 3a1

Aconteceu ontem na madrugada de quinta-feira, o segundo jogo da fase de grupo pelo Sul Americano. O Brasil enfrentou a Colômbia, dita pelo técnico Ney Franco o adversário mais difícil nessa etapa.

Toda a ansiedade da estréia foi embora, mas o jogo que todos esperavam – com uma certa dificuldade – aconteceu. A Colômbia tinha uma marcação sensacional e especialmente sobre o garoto Neymar, adiantou os espaços, forçando os zagueiros brasileiros a ficarem mais fixos, e os laterais a pouco avançarem.

Em todo o primeiro tempo, o time brasileiro pouco apareceu, não conseguia fugir da marcação e às vezes tomava susto e perigo de gol pela parte do adversário. Assim, no intervalo, foram corrigidas as falhas dos jogadores da equipe canarinho e pra volta do segundo tempo, a movimentação que esperávamos aconteceu.

Por ser um jogo de pegada, a forma de sair da marcação dos Colombianos, era através de jogadas rápidas, de chutes a longa distancia ou de bola parada. E já no início do segundo tempo, numa movimentação rápida dos jogadores são-paulinos, Willian José arriscou de longe e carimbou a trave. Não demorou muito, e aos dez minutos, Casemiro – já avançando e tendo liberdade para jogar – numa jogada em posição de um camisa 9, de cabeça, balançou as redes, fazendo o primeiro gol para o Brasil.

A equipe verde-amarela já começava a tomar “gosto” pelo jogo e a ser superior na partida. Com essa forte movimentação, fazendo com que todos os jogadores participassem dos lances, a marcação pesada sobre Neymar diminuía, tendo a Colômbia à dificuldade de não marcar apenas um jogador, mas vários. E numa linda jogada de Lucas, o mesmo conseguiu escapar de seu adversário, deu um passe perfeito pra Willian José que teve apenas o trabalho de mandar pra dentro.

2 a 0 para o Brasil, parecia que a tranquilidade iria pairar em campo, mas pura quimera. Depois de dois minutos, o zagueiro e capitão brasileiro, Bruno Uvini fez pênalti que Cardona converteu.

O gol trouxe uma esperança para os Colombianos, e para ajudar, a diferença não era muita. Mas o cara, aquele que não apareceu muito no jogo por conta da marcação, ainda estava em campo, e apareceu pra ser mais uma vez o “terror” dos adversários e aos 41 minutos, Willian José recebeu um contra-ataque e encontrou Neymar, que num chute forte, balançou mais uma vez as redes para o Brasil.

Fica assim, 3 a 1 para o Brasil, o qual encara sua próxima missão, no domingo ás 14h30 contra a Bolívia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger