segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Pra sempre Fenômeno!

É com muito pesar que venho comunicar a vocês a aposentadoria de Ronaldo, o fenômeno. Não pelo fato de que ele não vai jogar mais profissionalmente, mas sim pela forma como isso aconteceu.

Ronaldo Luís Nazário de Lima teve uma carreira espetacular, brilhante, com altos e baixos. Foi considerado três vezes o melhor do mundo, foi campeão de duas copas do mundo, e o artilheiro de todas as edições.

Para muitos ele não chegaria ao topo devido a varias lesões que sofreu, muitos davam como certo seu término no futebol, mas com muita garra, Ronaldo venceu e superou todos os problemas, e não carrega esse adjetivo, fenômeno, à toa.

Depois do Milan, seu último time na Europa, o fenômeno veio se aventurar no Brasil, muitos acreditavam que ele iria para o Flamengo, mas acabou acertando o seu destino com o Corinthians. Em seu primeiro jogo fez um gol de cabeça, era a certeza de um bom retorno à sua terra de origem.

No Corinthians conquistou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil (09) brilhantemente, não em uma boa forma física como quando era garoto, mas em uma viável. O fenômeno se destacou, e mereceu em todas as circunstancias essas conquistas.

Todavia nem tudo são flores, Ronaldo começou a sofrer com o excesso de peso, já não era regular – não jogava muitos jogos – e começou a ser criticado por muitos, inclusive pela sua torcida alvinegra.

No ano de 2010, centenário do Timão, Ronaldo e seus companheiros aspiravam a Libertadores, e não conseguiram, saindo da competição pelo Flamengo. Assim, foram em busca do Brasileiro, falharam mais uma vez, e acabaram ficando em terceiro lugar. Neste ano, quando se esperava um ano melhor, foram eliminados pelo Tolima na fase prévia da Libertadores, situação que deixaram os Corintianos revoltados.

Os protestos da torcida, o vandalismo, e as ameaças aos jogadores, foi um ato ridículo, que pode até ter levado o Ronaldo a tomar essa decisão, apesar dele confirmar que isso não tenha influenciado.

Em sua página no twitter, disse que pensou em se aposentar, mas não daria este “gostinho” a quem não quer lhe ver bem. Mas a sua decisão veio a tona, e com outro caminho, no domingo já se falava que Ronaldo pararia de jogar, e na segunda feira, numa entrevista coletiva junto aos seus filhos, confirmou sua saída, dizendo: "a cabeça até quer continuar, mas o corpo não aguenta".

Ah... Se ele tivesse parado após o título na Copa do Brasil, terminando com um título – o que ele está tão acostumando a ganhar – seria uma maravilha. Mas ninguém sabe do futuro, o que se espera no time que joga. Mesmo com um término tão lamentável e após casos desagraveis (violência, ameaça da torcida), ele não deixa de ser o cara, o fenômeno, o camisa 9 que todos almejavam ter em seu time.

E para aqueles que criticavam-o no Corinthians, pelo o peso em que estava, saiba que com Ronaldo jogando, a média do Timão era excelente, superior, e diferente de como muitos estavam dizendo, ele não prejudicou o time, e com ele em campo é sim, 11 jogadores.

Esperava que a torcida reconhecesse isso, que não hostilizasse o grande jogador que possuía em seu elenco, mas como dizem, torcida é um “bicho ingrato”, mas mesmo com esse final, ele não vai deixar de ser quem foi para o futebol brasileiro e mundial, pois não estamos falando de qualquer um, estamos falando do cara, aquele mesmo da Copa de 2002, é o Ronaldo minha gente, o FENÔMENO!!


* Vídeo que mostra os momentos do Ronaldo, um verdadeiro exemplo de superação, O CARA!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger