quinta-feira, 28 de abril de 2011

Cruzeiro, o Barça da América vai à Colômbia e vence Once Caldas por 2 a 1


O Cruzeiro encarou na noite de quarta-feira, no Palogrande, em Manizales, Colômbia, seu primeiro time na fase do mata-mata, Once Caldas. Diferente do que se viu nos últimos jogos, o placar não foi elástico, mas o suficiente para jogar tranquilo na partida de volta em Sete Lagoas.

O time brasileiro começou muito mal a partida. O meio de campo estava totalmente perdido. Além do mais, notava-se claramente a falta do atacante Thiago Ribeiro, ainda mais na estreia de Brandão, que apesar de ter finalizado algumas vezes, não foi tão bem.

O time errava passes em demasiado, e marcava distante, aproveitando-se disso, o time colombiano arriscou por várias vezes chutes de longe e por pouco não abriu o placar se não fosse o grande goleiro Fábio.

No segundo tempo a Raposa voltou com outra postura e passou a se organizar melhor. O técnico Cuca fez suas substituições, colocou Everton no lugar de Roger e Gilberto passou a atuar no meio e Ortigoza entrou no lugar do estreante Brandão, logo depois, essas mudanças surgiram efeitos no Cruzeiro.

Com Ortigoza no ataque o time ofensivo se portou diferente. Já estava entrosado. E com um passe de Montillo, Ortigoza cruzou e mandou certeiro para Walyson, que de cabeça, abriu o placar para o Cruzeiro.

Once Caldas partiu com tudo para o ataque e acabou piorando as coisas. Aos 39 minutos, Ortigoza recebeu livre e tocou por cima do goleiro Martinez, ampliando o placar.

Parecia que terminaria assim, mas no finalzinho, Nunes fez um gol para o Once Caldas. O que não muda o belo placar conquistado pelo time celeste na Colômbia.

Ontem também, só que a tarde, tivemos o grande clássico Real Madrid x Barcelona. Para muitos, o Cruzeiro é o Barcelona da América, não só pela forma de não jogar com um atacante fixo, mas também por apresentar o futebol mais bonito.

Por coincidência, os dois começaram o jogo da mesma forma, mal, e logo foram se ajeitando, e com o diferencial de seus jogadores, fizeram dois gols sobre os seus adversários, fora de casa. Única coisa diferente foi o gol sofrido pela equipe brasileira.

Comparações à parte, apenas coincidências e elogios de dois grandes times que estão apresentando um belo futebol nessa temporada, mas se o Cruzeiro e o Barcelona continuarem assim, e se coroarem com um título no final, digamos, melhor para o futebol.

Dados: Na primeira fase o desempenho da equipe celeste na Libertadores foi até melhor que do próprio Barcelona pela Champions League. O time mineiro conquistou 16 pontos em 18 possíveis, enquanto a equipe da Catalunha somou 14 pontos nos mesmos 18 possíveis. Ambos terminaram a fase de grupos invictos. O Cruzeiro foi a melhor equipe entre as 32 que disputaram a fase de grupo do torneio sul-americano.

2 comentários:

  1. Nem vou comentar muito
    Tocom inveja do teu cruzeiro kkkkkkkkkkkk
    Beijos
    ................
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
  2. é agora é o TOLIMA DA COLOMBIA

    ResponderExcluir

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger