terça-feira, 13 de setembro de 2011

Em casa, Barcelona cede empate ao Milan

24 segundos. Foi este o tempo que Alexandre Pato precisou para balançar as redes contra o Barcelona em pleno Camp Nou pela estreia na Champions League. O time visitante contou com a sorte, e com a rapidez de seu jogador, que em poucos segundos, deixou a partida mais tranquila para o Milan.

Com o revés, e jogando em casa, o time catalão foi para cima em busca de um empate. Aos 8 minutos Barcelona quase empata, aos 11, Abidal chega com perigo ao gol e na sequência, David Villa chuta na rede. Milan com espaço para jogar, atreveu-se também ao gol e aos 16 minutos tenta uma finalização, aos 17, Pato chega de novo, mas perde a bola para Keita.

Barcelona não perdia para seus adversários há 10 jogos jogando em casa na Champions e não queria que fosse diferente. Assim, aos 18 minutos, respondendo ao ataque do Milan, Messi cobrando falta manda na trave para desespero dos torcedores rossoneros. Continuando a pressionar, com 70% da posse de bola, aos 29 minutos, o time comandado por Pep Guardiola chega com perigo, e aos 35 numa jogada de Messi passando por três marcadores e tocando de leve para Pedro, que bem posicionado e oportuno, empata o jogo.

Na volta do intervalo, o time rossonero foi primeiro a chegar ao ataque, mas foi Barcelona quem virou o jogo aos 3 minutos numa cobrança de falta convertida por David Villa, fazendo seu décimo primeiro gol em vinte e sete jogos pela Champions.

O segundo tempo foi abaixo da média, Milan com medo de se arriscar não ousou muito, e Barça já com seus pontos conquistados, ficou somente administrando. Porém, não contava com a sorte do time visitante, que além de ter feito um gol no primeiro tempo bem nos minutos iniciais, fez dessa vez o gol de empate aos minutos finais, numa cobrança de escanteio cobrada por Seedorf, onde o brasileiro Thiago Silva subiu mais alto que a defesa, e cabeceou sem chances para o goleiro Valdés.

Assim, o time catalão amargou o empate, enquanto os rossoneros foram para a casa com o gosto de vitória.

2 comentários:

  1. Ola
    Ficou muito legal o blog.
    Parabens!
    Viva ao Cruzeiro o melhor de minas.
    Valeuuuuu!
    Cassim

    ResponderExcluir
  2. Roberta,
    sempre digo que no futebol não há injustiça, mas há castigos. O Barça pagou por achar que mandava no jogo do jeito que queria, poderia ter matado o jogo muito antes e nao o fez, jogou para torcida e deu espetáculo, mas tomou o gol no fim, coisa que pode acontecer em qualquer jogo, como disse, foi castigo.

    BLOG DO CLEBER SOARES
    www.clebersoares.blogspot.com

    ResponderExcluir

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger