domingo, 23 de setembro de 2012

Em noite de disputa de cinturões, americanos levam a melhor

O UFC 152 em Toronto, Canadá, que contava com a luta principal de Jon Jones com o brasileiro Vitor Belfort, trouxe também uma novidade: a primeira disputa de cinturão da nova categoria pesos-mosca, decidida por Demetrious Johnson contra Joseph Benavidez.

A nova categoria traz lutadores com até 56,7 quilos e a média de altura não passa dos 1,60 metros. A disputa que teve cinco rounds foi bastante equilibrada e vencida por Johnson, na decisão por pontos.

Depois do ocorrido, foi à vez da tão aguardada luta. Aceitando o desafio de engordar para subir para os meio-pesados, o brasileiro Vitor Belfort, sem pressão alguma, foi buscar tirar o cinturão do novo fenômeno Jon Jones, como o próprio brasileiro disse na coletiva pré-jogo: uma luta de leão velho com um leão novo.

A disputa durou 4 rounds. No primeiro, Vitor teve a oportunidade de vencer ao prender o braço de Jon Jones, mas o americano conseguiu escapar. No segundo, tentou levar a luta mais em pé, mas no finalzinho acabou indo ao chão, recebendo muitas cotovelas do americano. Tentou encaixar um triângulo, mas não havia tempo suficiente. No terceiro, Jon Jones deu um chute no abdômen de Vitor, que logo foi para o chão, tentando vencer com alguma técnica de imobilização, mas acabou recebendo mais cotoveladas. Já no quarto e último round, quando Vitor começou bem, a luta foi mais uma vez para o chão, e Jon Jones finalizou o brasileiro com uma chave americana bem encaixada.

Final da luta. O fenômeno da nova geração e o fenômeno da geração passada se cumprimentaram muito respeitosamente. Jon Jones continua soberano com os meios-pesados. Difícil será encontrar algum casca grossa pra derrotar o norte-americano. 

3 comentários:

  1. Sua visao da luta do Vitor e John foi a mesma que eu tive! O Vitor teve chance no primeiro e não conseguiu. E eu acreditava q no quarto round ele seria superior e talvez até conseguiria vencer... Mas, o john tem mais invergadura, entao luta em pé o Vitor fica na desvantagem... o chao é sua especialidade, porém, o John é lenda, e aproveitou um descuido do vitor pra finaliza-lo!

    ResponderExcluir
  2. OU, torci demais pro Vitor, na hora que encaixou o armlock eu fiquei doido, e achei ele um guerreiro durante a luta... Mas porra, o mais sabio quando se perde é adimitir, levantar a cabeça e dizer (perdi pro melhor), e ñ ficar falando besteiras q justificaria sua derrota, porque com isso acaba perdendo o seu merito de ter aceitado o desafio e ter sido um guerriero durante a luta... um cara que treinou jiu jitsu com os melhores (Gracie), falar q aliviou pra ñ quebrar, brincadeira ne? ele que ñ bate pra ve na americana que o jones aplicou, ia ficar sem ombro... (deixo aq meu desabafo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://sportv.globo.com/site/eventos/combate/noticia/2012/09/vitor-belfort-explica-declaracao-nao-soltei-o-braco-perdi-encaixe-e-vacilei.html

      Excluir

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger