domingo, 3 de fevereiro de 2013

Na estreia do Mineirão, Cruzeiro faz 2 a 1 contra o Atlético MG

Depois de quase dois anos e meio de espera, a tão esperada inauguração do Mineirão chegou. Cruzeiro e Atlético – MG foram os privilegiados a estrear o campo pela primeira vez em um jogo oficial, que ocorreu às 17h pelo Campeonato Mineiro. Dessa vez o clássico contou com a participação das duas torcidas, aproximadamente 59 mil apaixonados  foram prestigiar o jogo e o estádio reformado para a Copa do Mundo. 

O jogo contou com o time do Galo já entrosado, comandado pelo técnico Cuca. Já pelo lado azul, ao comando de Marcelo Oliveira, o time cruzeirense foi a campo com muitas caras novas, mas se mostrou bem ousado ao longo do jogo.

No primeiro tempo quem chegou mais vezes ao campo de ataque foi a equipe celeste, o time alvinegro chegou poucas vezes devido a marcação adiantada do Cruzeiro, e quando chegava, era através de jogadas aéreas.

 Aos 22 minutos, em jogada de Everton Ribeiro, Leandro Guerreiro cruzou, Anselmo Ramon disputou a bola com o adversário Marcos Rocha e mandou pra dentro. Abrindo o marcador no estádio. Dominando a partida, o time do Cruzeiro tentou cadencear mais o jogo, conseguiu até os 27 minutos, quando na jogada de Ronaldinho, em confusão na pequena área, a bola sobra pra Araújo, que empata.

Sem mais nenhum lance que mudasse o placar do jogo no primeiro tempo, a partida encerrou a primeira etapa no empate. Pra volta do segundo tempo, o time alvinegro voltou com mais pressão, chegou próximo ao gol aos 02, 3 e 8 minutos, melhorando o seu desempenho na partida, após a entrada dos volantes Gilberto Silva e Serginho.

Dominando o início do segundo tempo, o técnico do time celeste, Marcelo Oliveira, também foi atrás de substituir alguns jogadores, assim, colocou Alisson e Dagoberto em campo. O que deu muito certo. Aos 16 minutos, Anselmo Ramon cruzou e Dagoberto cabeceou livre no canto esquerdo do goleiro. O time azul ficou mais uma vez na frente.

Após a sequencia do segundo gol, Leandro Guerreiro é expulso por fazer falta em Ronaldinho Gaúcho. Cuca mexeu mais uma vez colocando Alecsandro e Marcelo Oliveira colocou Tinga. O Galo foi atrás do empate, e o time do Cruzeiro tratou de segurar bem na defesa e conseguiu. Levou alguns sustos, mas chegou também muitas vezes com a chance de ampliar na partida. No final, o clássico se encerrou nos 2 a 1. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger