domingo, 13 de julho de 2014

Alemanha ganha da Argentina na segunda etapa da prorrogação e é campeã do Mundo depois de 24 anos

A grande final entre Alemanha e Argentina aconteceu no estádio Maracanã, Rio de Janeiro, às 16 horas. A Alemanha foi quem mais teve domínio da bola, e a Argentina foi quem mais proporcionou jogadas perigosas. Com bastante equilíbrio o jogo foi para a prorrogação, e na segunda etapa Götze marcou o gol do título alemão.

A partida começou aberto e as duas equipes fizeram boas finalizações. Já aos 2 minutos, teve cobrança de falta para a Alemanha, logo depois, no contra ataque, Higuaín tenta corresponder o perigo ao adversário. Passando os minutos, a Alemanha começou a controlar mais o jogo, investindo nas trocas de passes, a Argentina recuou, e tentou o gol nos contra ataques.

Aos 20 minutos, a Argentina teve uma ótima oportunidade, no erro do alemão Kroos, a bola sobra para Higuaín que fica de frente para o goleiro, mas chuta pra fora. Aos 27, a Alemanha também quase marca com Müller, mas foi dado impedimento. Dois minutos depois, Lavezzi dá o passe para Higuaín fazer o gol, o jogador argentino foi entusiasmado para a torcida, mas o impedimento foi bem assinalado pelo bandeirinha.

Lavezzi chega ao ataque com Messi que tenta finalizar a jogada com Higuaín, mas Schweinsteiger estava atento para fazer a defesa. No contra ataque, Müller encontra Schürrle que chuta ao gol, mas em impedimento, para boa defesa do goleiro argentino Romero. Messi em suas arrancadas e jogadas individuais finalizou aos 39, mas o zagueiro Boateng salva a Alemanha.

No final do primeiro tempo, aos 46, quase no último lance, escanteio para a Alemanha. A torcida já estendia sua mão transmitindo boas vibrações. Hümmels cabeceou e bateu na trave, no rebote, Müller, impedido, não conseguiu mandar pra dentro.

Foto: ATP
No segundo tempo de jogo, antes de dar o primeiro minuto, Agüero lança para Messi que quase marca. Outra boa finalização só aconteceu aos 14 minutos, quando o alemão Klose cabeceia para a defesa do goleiro argentino. As equipes diminuíram o ritmo do ataque. Já não arriscaram tanto e priorizando a marcação cometeram muitas faltas.  

Aos 25, a Alemanha em sua característica troca de passe, Schürrle quase marca. Em resposta, os Hermanos chegam bem em jogada individual de Messi que chuta pra fora. Aos 36, Özil dá passe no meio para Kroos que erra o alvo. Sem sucesso em suas finalizações, a partida foi para a prorrogação.

PRORROGAÇÃO
No inicio da prorrogação o time alemão quase marca.  Götze, que entrou no lugar do maior artilheiro de Copa do Mundo, Klose, dá passe para Schürrle que manda pra fora. No contra ataque, Agüero chega à linha de fundo, sem marcação, e desperdiça.

Aos 6, a melhor chance argentina, Palacio recebe lançamento de Rojo, e na pequena área tenta por cobertura, mas vai pra fora para desespero dos Hermanos.

Jamie Squire/Getty Images
Na segunda etapa da prorrogação é onde saberíamos quem seria o campeão do mundo. Não precisou chegar aos pênaltis. Aos sete minutos, na melhor jogada de ataque, Schürrle dá passe para Götze, que com categoria domina no peito e manda para o fundo da rede.

Era tudo ou nada para os Argentinos, já não dava para seguir o esquema tático nessa situação e os latinos foram em busca do gol de empate. Aos 12, Rojo cruza e Messi cabeceia para fora. Tentaram chegar mais vezes, mas a eficiente defesa alemã estava preparada para manter o título de melhor time do mundo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger